5 passos para vencer as limitações e o medo que o impedem de empreender

Como vencer o medo de empreender

Dicas de como vencer as limitações e obter o sucesso

Quantas ideias você já deixou passar porque pensou:

  • ninguém vai gostar
  • não tem mercado pra isso
  • não sou capaz de transformar em realidade
  • não tenho conhecimento pra isso
  • minha ideia nem é tão boa assim

Sendo sincero com você mesmo, esses pensamentos eram mais fortes que o medo de empreender e alcançar ou sucesso ou não?

Conheço muitas pessoas que possuem medo de andar de avião, de entrar no mar, de lagartixa, de coruja, e conheço outras tantas que possuem medo de empreender, de ter sucesso, de ter dinheiro, de serem felizes e realizadas.

Eu mesmo já tive medo de muitas dessas coisas que citei, inclusive de empreender. Embora eu tenha começado a empreender cedo, eu ainda tinha medo em mim, mas não conseguia definir que medo era esse.

Hoje eu entendo que eu tinha medo do que iam falar quando eu alcançasse o objetivo e por me preocupar com o que os outros poderiam pensar, eu me limitava.

Depois de me conhecer melhor e colocar em prática todo o conhecimento que adquiri sobre mim (o tão falado autoconhecimento) é que eu pude entender esse medo e utilizá-lo em meu favor.

O medo não pode ser um limitador nas nossas vidas, ele deve ser apenas uma placa informativa para nos lembrar o limite da segurança.

Vou compartilhar aqui uma forma de você lidar com o medo de empreender, vencê-lo e seguir sua jornada empreendedora.

Antes de aplicar os passos a seguir, escreva em uma folha de papel ou no celular a pergunta abaixo e a responda com sinceridade. Somente após respondê-la siga para os passos indicados na sequência.

POR QUE EU TENHO MEDO DE EMPREENDER?

Passo 1 – Identificar os porquês limitantes

Porquês limitantes são aqueles capazes de travar a sua caminhada. Ao responder a pergunta “Por que eu tenho medo de empreender?” você já terá alguns porquês para colocar na lista.

Veja a seguir alguns exemplos de porquês limitantes:

  • Porque eu não tenho dinheiro
  • Porque eu sou muito jovem (ou muito velho)
  • Porque eu não tenho faculdade
  • Porque eu não sou bom em nada

Após identificar os porquês limitantes, selecione os 5 porquês mais relevantes para você no momento.

Passo 2 – Justifique os porquês

Pegue os 5 porquês mais relevantes que selecionou no primeiro passo e justifique-os com sinceridade e riqueza da detalhes. Por exemplo:

Porque eu não tenho dinheiro – não tenho dinheiro porque minha renda é limitada, o que ganho é a conta de pagar as contas da casa; venho de família pobre e ninguém tem dinheiro para me ajudar.

Ao justificar os porquês você terá um novo conjunto de informações para analisar, que são os fatos e as crenças por trás desses porquês limitantes.

Passo 3 – Separando os fatos das crenças

Fato é um acontecimento do momento, que pode ser diferente daqui algum tempo. Crença é algo que você acredita e que independente do momento, não muda (mas se você quiser, pode mudar).

Para cada justificativa dos porquês, separe o que é fato e o que é crença.

Veja o exemplo a seguir:

FATOS

  • minha renda é limitada
  • o que ganho é a conta de pagar as contas da casa
  • venho de família pobre

CRENÇAS

  • não tenho dinheiro
  • ninguém tem dinheiro para me ajudar

Passo 4 – Analisando os fatos e a crenças

Após separar os fatos das crenças, faça uma análise de cada um deles e veja quais você tem controle para alterar o estado e quais não estão em seu controle.

Marque cada fato e crença com as identificações MC (Meu Controle) e CE (Controle Externo).

FATOS

  • minha renda é limitada (MC)
  • o que ganho é a conta de pagar as contas da casa (MC)
  • venho de família pobre (CE)

CRENÇAS

  • não tenho dinheiro (MC)
  • ninguém tem dinheiro para me ajudar (CE)

Passo 5 – Assumindo o controle

Agora que você já sabe exatamente o que te limita, os motivos e quem está no controle de cada limitador, é hora de você assumir o controle da situação.

Para cada fato marcado como MC, defina uma ação imediata que você pode tomar para que essa limitação seja menor ou deixe de existir nas próximas 72 horas.

  • minha renda é limitada: encontrar algo que eu possa fazer para aumentar a renda
  • o que ganho é a conta de pagar as contas da casa: fazer uma análise das despesas da casa e identificar todas elas

Para cada crença, esteja ela no seu controle ou não, quero que você aplique a técnica dos 3 porquês.

Por exemplo: Por que eu não tenho dinheiro?

Responda ao primeiro porque e em seguida questione novamente o porque, agora em relação à resposta dada. E repita pela terceira vez o questionamento, agora em relação à resposta do segundo porquê.

Ao fazer isso você terá mais clareza sobre as crenças que te limitam e começará a encontrar as respostas para essas limitações, respostas essas que transformarão a crença limitante em conhecimento a ser aplicado em uma ação capaz de gerar resultados positivos.

Esses 5 passos não são a solução final para vencer as limitações e o medo de empreender, mas te ajudarão a sair desse círculo do medo e começar a agir e forma consistente.

E enquanto você age para vencer os medos e as limitações, automaticamente você estará agindo na direção de tornar o seu negócio realidade e um sucesso.

Gostou desse artigo? Conhece alguém que pode se beneficiar desse conhecimento? Então não deixe de compartilhar.

Ah, e se você tiver alguma dúvida sobre o assunto ou quiser mais informações, entre em contato comigo, terei o maior prazer em conversar com você e te ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X