Domínios da Inteligência Emocional e a sua relação com os negócios

Os modelos de inteligência emocional abarcam quatro domínios:

  1. Autoconsciência – capacidade de reconhecer as próprias emoções
  2. Autogerenciamento – capacidade de lidar com as próprias emoções
  3. Consciência social – percepção de como o ambiente pode favorecer ou prejudicar o desenvolvimento das pessoas
  4. Gerenciamento das relações – capacidade de se relacionar

Na autoconsciência trabalhamos o reconhecimento das nossas emoções. Parece um pouco óbvio, mas tem dias que nossos sentimentos estão muito confusos e tudo se mistura em nossa mente e coração. Precisamos aprender a separar bem estes sentimentos para não cometermos atitudes indesejadas que trabalhamos muito no autogerenciamento.

Existe um buraco negro entre saber que emoção eu sinto e saber como tratá-la. Saber que estou com raiva e não devo tomar uma decisão ou discutir com alguém, já é um grande avanço. Às vezes você se aborreceu com uma pessoa e trata como se isso fosse eterno quando na verdade foi só um momento que vai passar, se você souber lidar bem com o que está sentindo.

Pense em algum cliente que te aborreceu ou um parceiro comercial que fez algo que não te agradou. Se você souber tratar estas informações com clareza, pode ter certeza que terá muito êxito em suas relações.

A consciência social é bem simples: você sabe que aquele lugar te faz mal, sabe que aquelas pessoas não vão te puxar para frente. Sabe que aquele relacionamento não vai te levar a alugar algum…mas você continua neles como num ciclo vicioso. Se você tem consciência disso tudo, saiba que isso afeta diretamente seus sentimentos e emoções. Pessoas e lugares tóxicos só nos deixam para baixo e nos fazem sempre questionar situações que nem deveríamos, pois estes só sabem extrair o que não temos de bom (sim, nós temos lados bons e ruins).

Veja um exemplo comum: Você sabe que aquela pessoa só te faz raiva e você continua convivendo com ela. Talvez você nem seja tão estressado assim, mas essa pessoa faz você sair da linha sempre! Você tem consciência que conviver desta forma só vai te trazer problemas e se não toma atitudes para isso, só vai agravar as consequências.

Por fim, o gerenciamento das suas relações é a sua capacidade de se relacionar com as pessoas de diferentes formas, tendo empatia e buscando soluções para cada desavença que possa ocorrer ou buscando não ter nenhuma (o que é mais sensato).

Agora você deve estar se perguntando…e o que isso tem haver com o meu negócio?

Negócios são pessoas. Negócios tratam de gente. Você é o seu negócio!

Quer colocar isso tudo em prática?

Conte comigo!

O que gera resultado é a ação!

______________________________________________________________

Site 1:http://mulherestrategista.com.br
Site 2:http://www.lucilianotaroberto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X