Felicidade é ter coragem

espaco empreendedor jornal 20 cartoes

Dicas para desenlvolver uma mentalidade corajosa

Quem nunca desejou largar tudo e viajar pelo mundo, mas por medo não levou a ideia à frente? Muita vontade de mudar, pouca coragem. O medo tem um propósito: mantê-lo a salvo de situações potencialmente prejudiciais. O problema é que o medo em excesso nos paralisa e nos impede de caminhar na direção de nossos objetivos. No entanto, tomar decisões  corajosas gera grandes recompensas, as pessoas que conseguem criar uma vida cheia de felicidade têm uma qualidade em comum: são corajosas. 

O documentário Maidentrip (disponível no Netflix) conta a história de Laura Dekker, que na época com apenas 14 anos, a bordo de um veleiro, fez uma viagem de volta ao mundo completamente sozinha. A ideia da jovem foi tão audaciosa e corajosa que o governo holandês tentou impedir. Ela teve que enfrentar uma batalha judicial de 10 meses para poder seguir com seu plano. O governo, apoiado pela mídia, entendia que esse tipo de viagem poderia representar riscos. 519 dias depois, já com 16 anos de idade, tendo navegado 43.452 km, Dekker realizou seu sonho de ser a regatista mais jovem da história a dar a volta ao mundo sozinha.

Neale Donald Walsch, autor da série de livros Conversando com Deus, dentre outros, explica que o maior problema do mundo hoje é o medo. Segundo o autor, isso é um grande problema porque afeta tudo. Tudo que pensamos, dizemos, fazemos, todas as decisões e escolhas que tomamos, todas as reações, todas as respostas, vêm de apenas dois lugares: do amor ou do medo. Mas,  a maior parte vem do medo. Então, temos que encarar o nosso medo, descobrir a sua origem e o impacto que ele tem em nossas escolhas. Toda vez que pensamos que a nossa alegria vem de alguma coisa ou de algum lugar fora de nós mesmos, entramos no medo. Toda vez que eu compreendo que a fonte da alegria vem de dentro, meu medo desaparece.

Recentemente, li o livro Coragem – O prazer de viver perigosamente, do místico e guru espiritual Osho. Uma leitura incrível, fácil e que deveria ser obrigatória para todos. Logo no início da obra, Osho explica que não existe muita diferença entre o covarde e o corajoso. A única divergência é que o covarde dá ouvidos aos seus medos e os segue, enquanto o corajoso os põe de lado e segue em frente. Coragem é pôr em risco o conhecido em favor do desconhecido, o familiar em favor do estranho, o confortável em favor do desconfortável. Brene Brown escreve em seu livro “A coragem de ser imperfeito” que a coragem é um hábito, um músculo que você pode exercer, você a consegue por atos corajosos. É como aprender a nadar nadando. Diversos autores já pesquisaram sobre coragem e como desenvolver uma mentalidade corajosa.

Em síntese, as principais dicas são:

– Pare de ouvir as pessoas que sempre se queixam, mas nunca agem.
– Leia livros que inspirem você.
– Dê um passo para fora de sua zona de conforto.
– Saiba que vai ficar tudo bem mesmo se falhar.
– O que você imagina é sempre muito pior do que a realidade. Escolha enfrentar o medo.
– Além de  tudo isso, é importante que você realmente tenha um Coach ao seu lado, para lhe auxiliar e lhe mostrar o caminho para o sucesso.

Qualquer pessoa é capaz de ser feliz, mas pra ser feliz é preciso coragem. A palavra coragem vem da raiz latina cor, que significa coração. Assim, sempre que pensar em desistir de algo por medo, ouça seu coração e pergunte a si mesmo como você pode reduzir ou eliminar seus medos. Faça o seu melhor porque ser feliz é a maior coragem.

espaco empreendedor jornal 20 cartoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X