O que é e para que serve o Coaching?


Olá, tudo bem?

É uma alegria ter você aqui lendo o meu primeiro texto para o Caderno Coach do Portal de Notícias – Eu Amo Meu Bairro.

Eu me chamo Jackeline Leal, sou Psicóloga de formação, por paixão e Coach Ontológica por escolha e propósito de vida.

Gosto de começar as coisas pelo começo e é exatamente por isso que resolvi falar sobre “O que é e para que serve o Coaching”.

Coaching é uma palavra em inglês que define um processo de desenvolvimento humano. Tem como objetivo principal auxiliar o “Coachee” (pessoa que faz o processo de coaching), no atingimento de um objetivo específico (meta), seja este uma tomada de decisão, uma mudança de comportamento, uma necessidade profissional ou ainda outras questões de desenvolvimento.

Esse termo surgiu na Hungria e fazia referência às carruagens utilizadas por jovens universitários do século XVII, guiadas pelos chamados “cocheiros”, mas foi apenas por volta de 1830, na Universidade de Oxford que a palavra “coach” passou a ser vista como sinônimo de “tutor”, ou seja, aquele que prepara e ensina, aquele que treina, que guia.

Logo, em 1831 o Coaching passou a ser integrado no campo dos esportes, especialmente no Tênis (campo de atuação de um dos primeiros autores nesta área, Tim Galley), sendo que apenas em 1950 foi empregado na literatura do mundo dos negócios como sendo também, uma competência do campo de desenvolvimento de pessoas.

Nos dias atuais, o Processo de Coaching é estruturado e possui um começo, meio e fim definidos entre o Coach, profissional que conduz o processo, e o coachee, neste caso o cliente.

Aos poucos foram surgindo várias escolas de formação onde é possível se tornar um Coach e, cada uma delas, possuindo características e metodologias próprias que dá ao profissional formado uma identidade de trabalho.

Assim, é superimportante saber que quando você escolhe um profissional para o seu processo de Coaching, escolhe também uma metodologia de trabalho específico.

No meu caso, ao buscar a minha formação, fui ao encontro de algo que se identificasse com a minha forma de pensar, meus valores e maneira de atuar no mundo do desenvolvimento humano, até então. Formei-me em Coaching Ontológico que é um processo que prioriza o estudo da linguagem e da ontologia do ser, ou seja, das reflexões sobre si mesmo como ferramenta de suporte para atingimento de metas, mudança pessoal e ainda construção de novas possibilidades de ser, estar e agir.

Todas as formações possuem suas qualidades e o que realmente diferencia o trabalho dos profissionais é o grau de investimento em dois pontos chaves, primeiro no seu próprio autoconhecimento e segundo no desenvolvimento do seu conhecimento sobre o desenvolvimento humano.

Uma dica para conseguir encontrar bons profissionais nesta área é investigar o seu histórico de Desenvolvimento Pessoal e Profissional do Coach em questão e ainda pedir referências para clientes atuais e antigos.

Caso você tenha dúvidas de quando deverá buscar um profissional nesta área, cito algumas situações cabíveis, a seguir: se você estiver com dúvidas ou indecisão sobre qual carreira seguir; se estiver com dificuldades em tirar seus projetos do papel; se estiver com alguma necessidade de desenvolvimento em tempo otimizado de determinadas competências ou habilidades pessoais e profissionais; se deseja expandir o seu autoconhecimento; se estiver em busca de um propósito para sua vida e carreira; se precisa trabalhar na mudança de comportamentos que não estão de acordo com a pessoa que você quer ser, e outros.

Agora, lembre-se de que desenvolvimento é coisa séria, por isso é tão importante estar bem informado ao procurar um profissional especializado.

Até a próxima e fiquem à vontade para me escrever caso tenham dúvidas sobre o conteúdo ou precisem de ajuda profissional!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X