Vivenciando o estresse


O estresse afeta o corpo, a mente e o comportamento

Irritabilidade? Medo e agressividade constante? Dificuldades em se concentrar e memorizar? Queixas frequentes? Alterações no sono e no apetite? Para algumas pessoas sintomas como esses já se tornaram tão comuns que fazem parte do estilo de vida. No entanto, o estresse é uma resposta do organismo para situações que representam ameaça ou perigo. E, por isso o corpo é inundado por hormônios (como adrenalina e cortisol) que fazem despertar para atitudes de defesa/emergência. O perigo é quando a sobrecarga desses efeitos torna-se constante e quando não se percebe o quanto já afetou você e sua vida (trabalho, família, lazer e outros pontos).

Cada pessoa tem capacidade diferente de tolerar o estresse: o que é estressante para você, pode não ser para outra pessoa! Casar, mudar-se de casa, ser promovido no trabalho, iniciar um novo estudo, entre outros fatores, podem ser estressantes desde que seja percebido com alta dose de exigência, pois, aí o corpo pode entender como ameaça (tanto física quanto psicológica) e reagir em defesa.

Hábitos saudáveis, capacidade de lidar com emoções, manter fortes relacionamentos com amigos e familiares, influenciam de forma considerável no que se trata da tolerância e enfrentamento aos fatores de estresse. Mas o estresse afeta o corpo, a mente e o comportamento. Então é importante perceber o que está afetando sua vida emocional e, consequentemente, seu comportamento e assumir o controle. Como? Mudando a situação estressante quando você puder, ou aprendendo a conviver com ela de forma que não traga prejuízos e danos maiores para você e as pessoas que te cercam. E aí o processo de psicoterapia pode ajudar. É isso! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X